Fórum destinado a divulgação e composição do RPG - Naruto ''Shinobi no Sho'' - Sistema D8
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Menu
CSS MenuMaker
Últimos assuntos
» Fichas Personalizadas por Clã
Ter 07 Nov 2017, 15:06 por Fësant

» Apresente-se
Sex 25 Ago 2017, 23:48 por George Firefalcon

» Episódio 49 | A Reunião
Dom 06 Ago 2017, 19:15 por Fësant

» Dúvidas do Sistema
Ter 01 Ago 2017, 11:33 por Fësant

» Episódio 46 | Ou Himitsu?
Seg 26 Jun 2017, 02:57 por Fësant

» Episódio 48 | Encontros Esperados
Sab 24 Jun 2017, 18:09 por Inozaki

» Episódio 47 | De volta a Konoha
Seg 12 Jun 2017, 14:46 por Fësant

» Episódio 45 | Shu
Seg 12 Jun 2017, 14:19 por Fësant

Parceiros

Licença
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Compartilhe | 
 

 Episódio 17 | Plano em Ação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fësant
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 1671
Data de inscrição : 23/06/2009
Idade : 29

MensagemAssunto: Episódio 17 | Plano em Ação   Sab 29 Ago 2015, 17:48

Nos episódios anteriores...

Jouichirou e seus aliados mudam os planos, e resolvem permanecer em Konoha para chegar até o Conselho de Anciãos e provar a inocência do líder da ANBU, ou pelo menos trazer a dúvida quanto à sua culpa e assim terminar a revolta com um desfecho melhor.


Abertura




Rei e Akashi, juntamente com os três membros da ANBU, dentre eles Gumo, avançavam pelas ruas de Konoha, vezes pelo solo, vezes pulando pelos telhados, esforçando-se para contornar os focos de batalha que se espalhavam pela vila. O céu nublado havia deixado de ser uma mera promessa de chuva, dando lugar a uma precipitação forte com ventania, quase uma torrente. Entretanto, mal podia ser ouvido o barulho das gotas de água caindo sobre telhados. O som que preenchia a Vila da Folha era o de aço contra aço e explosões.

O grupo seguia o ANBU de codinome Ryu. Suas vestes eram as mesmas de seu companheiro, o padrão da ANBU, porém seu cabelo negro era curto, e a máscara branca possuía um dragão desenhado em vermelho no lado direito. Segundo o ANBU, Engo havia acordado que tentaria permanecer próximo do quadrante 37, para ser facilmente encontrado caso precisasse.

Após alguns minutos de procura, eis que encontram um ANBU de cabelos longos e castanhos, a cerca de 20m de distância. Ele estava com costas coladas na parede de uma casa, encurralado por três ninjas que estavam a pouco menos de 10m e sua posição. Um deles tinha cabelos negros curtos e trajava uma armadura de batalha ninja, típica dos shinobi mais velhos, embora fosse jovem. O outro era loiro e tinha roupas leves na cor predominante branca, já um tanto suja pela lama. E o terceiro possuía olhos brancos extremamente caraterísticos, trajando vestes leves comuns de seu clã.

— Precisamos agir rápido, antes que aquele Hyuuga note que paramos aqui e não seguimos viagem — disse Ryu, parando no telhado de uma casa próxima, e fazendo sinal para que todos fizessem o mesmo. — Engo está encurralado... Precisamos separá-lo daqueles três. Depois, eu vou entrar em combate contra um deles e vocês devem entreter os outros dois que sobrarem. Engo precisa ficar livre para se comunicar com todos os outros membros da ANBU. Wakasa, você precisará ficar ao lado dele para protegê-lo. — disse, voltando-se rapidamente para seu colega de máscara. — Como ele não tem nenhum aparato para amplificar sua técnica secreta, é possível que isso demore um pouco... Precisaremos segurar os inimigos até lá. Algum de vocês é capaz de usar técnicas de barreira? Seria útil para separar Engo daqueles três lá.


Última edição por Fësant em Qui 07 Jan 2016, 01:35, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto.sistemad8.com
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   Sab 29 Ago 2015, 19:51

Akashi fixou os olhos dos ninjas inimigos, conforme ouvia as palavras de Ryu. O seu corpo mostrava-se inquieto de tanta que era a sua ansiedade em lutar. Sacando o arco conjuntamente com uma flecha, mirou o seu projétil em um dos alvos, preparado para atacar. — Barreira? Olha a minha cara de quem vai gastar chakra defendendo os outros. — Esboçando um sorriso como sempre, deixou até escapar uma gargalhada enquanto retornava ao diálogo. — Basta atrairmos a atenção deles né? Vamos nos divertir! — Declarou, embora desse a entender que as suas palavras ainda não haviam terminado. — Eu vou atacar daqui mesmo. Posicionem-se que eu largarei a flecha no mesmo momento em que vocês fizerem a vossa ofensiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sarutobi Hakuro
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 473
Data de inscrição : 03/11/2009
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   Sab 29 Ago 2015, 20:41

— Excesso de diálogo. — Foram as únicas três palavras que saíram em murmúrios dos lábios de Gumo antes de sua imagem desaparecer por completo. Seu corpo traçou um arco no asfalto quando se moveu em direção ao inimigo da extremidade direita e criou uma espécie de caminho pela chuva onde as gotas sumiram em virtude de sua velocidade. Quando chegou próximo o bastante, então, ressurgiu de corpo envergado e mão sobre a capa de sua arma; a espada escorreu para fora da bainha em um movimento único e fluído, mas áspero e bruto, fazendo com que uma pequena faísca fosse vista antes da parte inversa da lâmina mirar com tudo na lateral do torso do oponente. Se o acertasse, o impacto o arremessaria feito um tijolo para trás e criaria um efeito dominó na intenção de propelir todos os três soldados para longe - se não o acertasse, contudo, a força do golpe com certeza seria suficiente para criar um show de ventanias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fësant
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 1671
Data de inscrição : 23/06/2009
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   Sex 04 Set 2015, 02:45

Gumo apareceu de súbito, já movimentando o corpo para desferir seu golpe. Graças à sua velocidade, aliado ao fato de terem sido notados tardiamente, o inimigo não conseguiu esboçar uma reação maior que uma cara de surpresa, além de tentar dar um passo rápido para trás. Entretanto, quando o ANBU estava a um segundo de concluir seu movimento, uma parede de madeira, não muito espessa, apareceu entre si e o alvo. O espadachim não viu qualquer movimento de selos de sua vítima, o que indicava que a proteção havia sido conjurada por outra pessoa.

Não obstante, a Kusanagi possuía o mais poderoso dos fios, para o total desconhecimento daquele que tentou proteger a vítima do ANBU. Sem alterar seu movimento, o ninja prosseguiu com seu corte, rasgando a parede como se fosse feita de papel, e cortando de leve a barriga do adversário.

Aproveitando-se do momento, Akashi de pronto disparou uma flecha no mesmo alvo. O projétil embebido de chakra do elemento Fuuton percorreu o ar gélido e úmido, e no fim acertou o corpo do alvo na altura do ombro, com tanta força que fez seu corpo ser jogado para trás, girando no ar e caindo a 6 metros de distância. O inimigo caiu, e parecia que não se levantaria por um bom tempo.

— Mas que porra! Não podem ir correndo assim! — bradou Ryu, inutilmente, depois que toda a cena já havia se resolvido. Em seguida, saltou para o campo de batalha, acompanhado de seu colega, pousando ao lado do outro ANBU, que devia ser o Yamanaka o qual estavam procurando.

— Minha barreira destruída tão facilmente... Você está bem, Dan? — disse o inimigo de armadura, sem conseguir uma resposta de seu aliado além de um gemido de dor. Ao que parecia, ele não conseguiria mais lutar — Você... Conheço seu rosto! Gravei para o dia em que tivesse a sorte de encontra-lo, Komori Gumo, assassino de meu irmão! — disse ele, apontado para o dedo para Gumo.

— Senju Iwato... — disse Ryu, após ouvir a declamação do inimigo — Ele é primo de Senju Ikari... e, como até segunda ordem, foi Gumo quem o matou, não me espanta essa reação...

Ogami se limitava a analisar o campo de batalha e as individualidades de seus inimigos enquanto seus aliados atacavam de maneira brusca e direta. Por um momento achou que pudera desfrutar de tal posição por um longo período, porém ao detectar um usuário de ninjutsu, ainda mais defensivo, em sua análise era necessário o deter para concluir aquela luta o mais rápido possível. Com apenas uma mão, realizara um selo de maneira discreta, criando uma centopéia albina que saia da palma de sua mão gradativamente. Já completa, o mando de Rei não poderia ser outro: movimentou-a pelos flancos almejando a furtividade acima de tudo, percorrendo até o ninja especializado em mokuton para o agarrar, inutilizando-o.

O Hyuuga não deu qualquer atenção à intervenção de Gumo. Aproveitando-se que era a pessoa mais distante dele, correu em velocidade até os outros três ANBU, impetuosamente, sem se assustar com a quantidade de inimigos. Enquanto isso, o Senju de prenome Iwato falava.

— Parece que tem algum truque estranho na espada desse assassino... Mas não importa. Vou vingar a morte de Ikari, aqui, e agora! — O inimigo vingativo então juntou ambas as mãos, realizando um único selo, o suficiente para fazer diversas raízes de árvores brotarem do chão, elevando-se para tentar se enrolar em Gumo. O ANBU, rápido como de costume, moveu-se para a direita, escapando por completo da ofensiva.

Gumo foi rápido, e se aproximou de Iwato para tentar um corte horizontal. Contudo, notou que seu adversário, apesar de não ter um corpo adepto ao combate corporal, possuía bons olhos, e mãos rápidas. Quando estava prestes a desferir seu ataque, uma nova parede de madeira surgiu, essa um pouco mais espessa que a anterior. Por tê-la feito de forma hábil, o Senju impediu que o contato físico com Gumo se estendesse mais um passo, mas não foi capaz de segurar o fio da Kusagani, que novamente rasgou o bloqueio, e cortou o tórax da armadura de Iwato, quase alcançando sua pele.

— Parece que realmente não tem como impedir essa merda de espada... — constatou ele rapidamente.

Akashi riu diante da cena, mas visto que encontrava-se longe do local de batalha, não havia porque enrolar mais o seu ataque. Puxando outra flecha, lançou-a na direção do Senju que combatia Gumo. Iwato estava atento à luta contra Gumo, e não notou que mais uma flecha foi disparada, dessa vez contra si. O projétil raspou seu braço, cortando a malha que o cobria e fazendo um filete de sangue aparecer.

— Tsc! E ainda tem mais um escondido por aí. Vou ter que me desdobrar nessa luta — o Senju realizou um rápido selo de mão, e então disse — Moku Bunshin no Jutsu! — e uma cópia exata de si, feita de madeira, foi criada a partir do próprio corpo. Logo que foi criada, ela já realizava selos de mão, e então tentou atacar Gumo, fazendo novamente raízes brotarem do chão. Entretanto, o ANBU permanecia atento e veloz, esquivando-se novamente para o lado.

Rei ainda limitado pelo posicionamento daqueles que participavam da luta, procurava uma oportunidade de atacar o inimigo sem que alvejasse seu aliado em conjunto. Entretanto este momento não surgia, o forçando a criar um aglomoreado de aranhas que percorreriam logo em seguida à sua criação, a trajetória da centopeia, aguardando desta maneira pela janela de abertura na luta para uma investida letal.

O seguimento do combate pôs Gumo em ritmo; quando o inimigo finalizou sua tentativa de ataque, o espadachim imediatamente pressionou o corpo pra frente e ergueu a lâmina afim de acertá-lo no tronco. Gumo vê que seu inimigo tenta realizar um selo de mão novamente, mas dessa vez o ANBU foi mais rápido e conseguiu desferir um ataque horizontal  que cortou a armadura do torso da metade para baixo, fazendo um pedaço da mesma cair.

Akashi se dirige até outra posição, mantendo a mesma distância do Senju, e lança outra flecha. Este projétil, entretanto, carregava chakra fuuton de modo a tornar-se mais devastador. O alvo não podia ser outro além do inimigo original. Dessa vez, Akashi não conseguiu pegar o Senju desprevenido, e o mesmo ergueu uma parede de raízes que se interpôs à flecha, evitando o ataque. Em seguida, ambos, Iwato e seu clone buscaram atacar Gumo.

O clone fez seu braço se esticar e avançar contra o ANBU, como um pedaço de madeira longo e pontiaguado, visando perfurá-lo. O alvo esquiva para o lado, mas assim que pousa vê novamente raízes brotarem do chão e segurarem seu braço e perna direita, amarrando-as com força. De início, ele sucumbiu, quase sendo puxando para baixo. Mas em seguida, usou de seu talento para aplicar sua força na medida e forma correta, o suficiente para criar o espaço necessário para girar a Kusanagi e cortar suas amarras.

Ogami aguardara já o suficiente. Com sucesso, sua centopeia passou oculta perante os sentidos de Senju, conseguindo se aproximar o suficiente para agarrá-lo, o mesmo desprevenido. O Senju não notou a aproximação da centopeia, e teve a mesma se subindo pelo seu corpo rapidamente, enrolando-o por completo e atando os braços ao corpo. O inimigo estava capturado.

A aparição súbita de um grotesco inseto esbranquiçado fez com que Gumo arregalasse levemente os olhos; rápido, o bicho pareceu enroscar-se contra seu inimigo, o que o fez aliviar-se por um instante. Num movimento ágil e pensamento rápido, o espadachim voltou sua katana contra o rosto do adversário num corte giratório, rodando o corpo para concluir com um chute que fincou a sola do pé no estômago do inimigo - assim, visava afastá-lo e jogá-lo ao chão, mandando embora tanto o oponente quanto o inseto.

A rápida manobra de Gumo jogou Iwato para longe de si e do clone que estava ao seu lado. Não muito, mas o suficiente para que o próprio ANBU se sentisse seguro quanto àquele ser estranho que havia aparecido. Um segundo depois, o corte que Gumo havia feito no inseto o fez brilhar e explodir, criando uma pequena fumaça no lugar, que não demorou muito para ser dispersada pelo vento.

Quando a visão do lugar estava limpa novamente, os ninjas de Konoha notam diversos estilhaços de madeira no lugar onde deveria haver o corpo ferido e ensanguentado do Senju. A resposta era óbvia: no momento em que fora agarrado, usou o Kawarimi no Jutsu para deixar um clone em seu lugar. Por instinto, Gumo vira o rosto rapidamente para trás, notando que uma sombra humana estava a cerca de 5m atrás de si. Iwato havia escapado.

Erguendo uma sobrancelha, Gumo parabenizou mentalmente o quanto seu oponente havia sido astuto - porém, não demorou muito para tornar a agir. Com um movimento rápido de mãos estendeu a lâmina para o lado e visou cortar o clone ao meio: - Desperdício de tempo.

Gumo tentou sua ofensiva. No entanto, seu cálculo havia sido equivocado, e o clone aproveitou sua rara falha para fazer seus pés se alongarem, empurrando-o para trás e assim evitar o corte da Kusanagi. No fim, ao parar na nova posição, a 1m de distância, seus pés se descolaram do prolongamento criado, retornando à aparência original.

Akashi assistiu a cena sem esboçar qualquer reação. Posicionando o seu arco, lançou mais uma flecha, movendo-se antes para outro posição de modo a permitir o ataque discreto de sempre. Akashi viu sua flecha mais uma vez esbarrar em uma parede de madeira, conjurada em cima da hora, a poucos centímetros do peitoral de Iwato. Sem perder tempo, o Senju realiza um selo de mão junto de seu clone para novamente atacar Gumo. A replicação repetiu o movimento ofensivo de segundos trás, criando uma estaca de madeira a partir de seu braço. Gumo esquiva com facilidade, bem a tempo de notar que Iwato, às suas costas, fazia o mesmo. Movendo-se novamente, dessa vez para o lado contrário, o ANBU completa sua manobra defensiva, mantendo-se ileso.

Já no alcance, Ogami tenta o mesmo de antes: atacar furtivamente com seus 5 lacaios pelo ponto cego de Senju, suas costas, visando explodi-las ao contato. O Senju, dessa vez, permaneceu atento à novos seres semelhantes à centopeia, e assim conseguiu identificar as aranhas que se aproximavam. Precavido contra o efeito explosivo, criou rapidamente uma concha de madeira ao redor de si, protegendo suas costas e laterais, e assim impedindo que as pequenas criaturas brancas colassem em seu corpo.


Última edição por Fësant em Ter 22 Dez 2015, 23:50, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto.sistemad8.com
Fësant
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 1671
Data de inscrição : 23/06/2009
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   Qua 16 Set 2015, 13:45

A luta parecia correr de dentro do esperado. O inimigo Iwato se segurava como podia, mas diferença numérica pesava em demasia em seu desfavor. Se continuasse naquele ritmo, não demoraria até que a disputa fosse decidida, e o grupo pudesse seguir adiante com o plano.

Mas um fato novo surgiu. Dentro de seu radar natural, Akashi sentiu se aproximar um chakra poderoso e familiar, em alta velocidade, explicitamente se dirigindo para direção daquele lugar. Em segundos, a figura esguia e alta aterrissou no campo de batalha, a aproximadamente 7m de onde estavam Gumo e Iwato. E assim que o novo indivíduo chega, todos param para lhe dar atenção, pois nunca imaginariam que aquele homem chegasse a se dispor para estar ali.

— Hum... estão se divertindo sem mim? E meu convite? — disse em sua típica voz risonha, o homem de nome Kogarashi Toushizo. — Iwato-kun. Melhor você ir embora. Nunca que conseguirá ganhar sozinho de três inimigos. Sua vingança cegou seu raciocínio. Vá embora e avise ao Conselho, ao meu mando, que ao que tudo indica Jouichirou desistiu de fugir. — o Jounin observou a cena por uns segundos, e ao ver que ninguém ainda havia dado sequer um passo desde que chegou, voltou a falar — Vamos, rapaz! Você tem uma rolha de madeira nos ouvidos?

E após a repreensão, visivelmente contrariado, Iwato se afastou cuidadosamente de Gumo, e em seguida desfez seu clone e tratou de fugir, seguindo a ordem de Toushizo.

Trilha Sonora


Última edição por Fësant em Qua 23 Dez 2015, 23:51, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto.sistemad8.com
Sarutobi Hakuro
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 473
Data de inscrição : 03/11/2009
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   Qui 17 Set 2015, 16:19

Higa imediatamente embainhou sua espada quando deparou-se com a chegada do homem que, em primeiro lugar, havia retornado para matar. A postura do espadachim havia relaxado, mas uma mudança nítida em seu semblante anunciava algo novo - de cenhos franzidos e musculatura enrijecida, seus olhos fincaram contra o outro usuário de espada e exibiam uma quantia inesperada de ... ódio.


Trilha Sonora

Seus pés arrastaram-se num ruído arenoso sobre o chão das ruas de Konoha; a fricção da sandália contra a poeira deixou um rastro em formato de semi-lua e, agora posicionado, Higa finalmente levou a mão direita de encontro ao cabo de sua espada: — Seu nível é diferente dos que enfrentei nos últimos tempos ... Vinte porcento? Não, talvez cinquenta porcento mais poderoso. — Pensou, analítico. Num desvio rápido de atenção, os olhos do espadachim voltaram-se para o seu canto direito, capturando a direção onde estavam seus outros dois companheiros. Mesmo todos os três lutassem juntos, era provável que os demais permanecessem à distância, o que tornaria Higa alvo da maioria, senão de todas as investidas de Toushizo. Com uma inalação profunda, então, fechou os olhos - conforme os reabriu, o ar deixou seus pulmões e seu foco fixou-se no oponente: — Quer seja hoje ou amanhã, por minhas mãos ou não, seu túmulo já está cavado. Keisei cairá e, por consequência, você será punido junto dele. É estranho... lutar contra um homem morto. —
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   Qui 17 Set 2015, 17:34

A aparição de Toushizo se fez inesperada, fazendo Akashi esboçar de imediato uma feição de surpresa em conjunto com uma espécie de confusão. Abaixou o arco e encostou-se por completo à parede, pensativo. — Hmm... O que fazer... O que sugere, Akashi? — Realizou uma pausa para respirar, quando em seguida pareceu interromper-se a si mesmo. — Brincadeirinha, é claro que vamos atacar! Ops, estou falando muito alto, vou mudar de posição. — Proferiu, conforme ergueu o arco novamente e dirigiu-se para um novo "esconderijo", pronto para atacar. A flecha já encontrava-se sob a mira de Toushizo. No menor movimento, atiraria sem hesitar.

(...)

— Pois bem, Gumo-kun — disse Toushizo, sacando sua katana — Acho que seu irmão me deve essa Kusanagi!




Encerramento



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Episódio 17 | Plano em Ação   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Episódio 17 | Plano em Ação
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dungeons em Dragons(Caverna do Dragão) Ultimo Episódio
» [EVENTO] MONTE SUA QUEST BASEADA NOS EPISÓDIOS DA SÉRIE POKEMON!
» O Plano Astral, a Forma-Pensamento e a Magia.
» [O Plano] Near
» Episódios Shippuuden [Spoiler-Alert]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto: Shinobi no Sho - Sistema D8 de RPG :: Naruto RPG Online :: Episódios :: 1ª Temporada: Folha Rasgada-
Ir para: