Fórum destinado a divulgação e composição do RPG - Naruto ''Shinobi no Sho'' - Sistema D8
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Menu
CSS MenuMaker
Últimos assuntos
» Episódio 47 | Encontros Esperados
Ontem à(s) 18:09 por Inozaki

» Episódio 46 | De volta a Konoha
Seg 12 Jun 2017, 14:46 por Fësant

» Episódio 45 | Shu
Seg 12 Jun 2017, 14:29 por Fësant

» Episódio 44 | A Aliança
Seg 12 Jun 2017, 14:11 por Fësant

» Episódio 43 | O Espião e o Outro Lado
Seg 12 Jun 2017, 11:47 por Fësant

» Episódio 42 | Planos para o Retorno
Qua 05 Abr 2017, 00:01 por Fësant

» Lançamento: Shinobi no Sho!
Dom 26 Mar 2017, 16:01 por Fësant

» Naruto ''Shinobi no Sho'' - Livro Básico
Seg 06 Fev 2017, 04:54 por Fësant

Parceiros

Licença
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Compartilhe | 
 

 Episódio 12 | Sombras do Passado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 18:14


############# Abertura 1ª Temporada #############


##########################################

Escuridão, a palavra que resume o passado incógnito de Hiro. O vazio em seus olhos reflete sua alma que busca mais uma vez um sentido para sua existência. Mais uma vez este se vê parado, circundado em uma obscuridade perpétua enquanto as sombras em seu pensamento bloqueiam e sobrepõe-se às respostas que tanto almeja. No entanto, desta vez, esta imagem narcotizada sem rumo é fendida e seus pedaços despencam, consentindo que suas recordações ascendam enquanto o jovem rapaz vasculha, em seu subconsciente, buscando as memórias perdidas nos confins de sua mente...

Era um lugar pouco iluminado, seu corpo estava entorpecido e não respondia a suas vontades. Encontrava-se completamente despido, repleto de eletrodos e deitado em decúbito dorsal sobre uma mesa cirúrgica, deixando à mercê as marcas dos métodos invasivos que foram utilizados em si, em prol da ciência. Sua visão estava turva e estonteada e, embora anestesiado, sentia algo mexendo em suas entranhas como se vasculhasse algo dentro de si. Sua vista, por fim, perece e quando a luz retorna a seus olhos, a pobre criança, se vê mantida em um tubo cilíndrico de vidro, preenchido por um líquido esverdeado, enquanto cabos permaneciam fincados em vários lugares de seu corpo. A sua frente, ele vislumbra sombras se mesclarem dando uma pessoa, não sabe como poderia ter esquecido a fisionomia daquele maldito homem, porém, isso já não fazia mais importância, uma vez que não permitiria que sua memória falhasse novamente.

Eis que o jovem retorna a si, tudo não passava de um flashback, ainda confuso, Hiro chegara a se esquecer do que estava fazendo, porém tal efeito se dissipa e logo suas ideias começam a se organizar novamente... O jovem shinobi se dirige para o nordeste do país do fogo a fim de confirmar algumas suspeitas que o atormentam.

Qual o seu objetivo? O jounnin está em uma missão que consiste em três etapas: certificar-se da existência de um possível esconderijo de um cientista do qual se suspeita que este possua algum tipo de ligação com os juunikami; infiltrar-se neste esconderijo a fim de encontrar pistas que elucidem tais suspeitas; e por fim, se possível, capturar o malfeitor.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 18:29

Embora se tratasse de um passado há muito vivido, este ainda o atormentava. De fato, a sua mente era capaz de retratar com exatidão tudo aquilo que sentira, assim como os projetos e experiências das quais havia participado. Apesar de tudo, nada disso o incomodava. Não mais. As sombras de seu passado o faziam lamentar, ainda em tempos atuais. O problema havia deixado de ser aquilo pelo que tivera passado com tanto sofrimento, mas aquele responsável por tamanha ousadia. Fazer uso do corpo humano para comprovar teorias e utilizar-se delas para experimentos. Desrespeitar os direitos das pessoas, ignorando suas vontades. Tal limite havia sido ultrapassado de longe, e Hiro jamais poderia perdoar o homem que, para seu infortúnio, em nada lhe lembrava além de seus atos.

A sua genética alterada, entretanto, não havia sido de todo um fardo. A sua velocidade se mostrava como sempre incomparável, e como tal o seu destino iria ser alcançado em poucos instantes. Rumo ao nordeste do País do Fogo, o jounin pulava pelas árvores, percorrendo toda aquela floresta sem hesitar. De fora, o jovem parecia estar em paz, livre de quaisquer problemas. Mas por dentro ainda se atormentava com os seus pensamentos, provavelmente resgatados em decorrência da missão que lembrava a existência do cientista causador de tudo. Não restava a si, entretanto, deixar que isto viesse a interferir no término da missão. Tinha um objetivo e este devia ser alcançado, custe o que custar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 19:27

Segundo as informações que havia colhido, o shinobi de características felinas infere que o local onde deveria vasculhar está próximo. À passos rápidos, incorporados a uma velocidade impressionante, Hiro dá suas últimas passadas finalizando com um salto para a copa de uma árvore mais a frente, da qual poderia se situar em relação a sua localização... Mais adiante, Hiro percebe que um local, em meio à floresta, contém poucas árvores, como se estas tivessem sido retiradas para que algo fosse posto ali.

Prontamente, Hiro começa a focalizar seus intintos animais que se relacionam a sua capacidade perceptiva para tentar encontrar algum meio de acesso ao possível esconderijo do cientista. Ele então percebe que em meio ao local, existem algumas gramíneas que se diferem, em termos de cor, da maioria das que cobrem o terreno da área. Tal detalhe só poderia ser visto por alguém com um sentido tão apurado quanto à visão do shinobi felino.

Sem as maiores delongas, Hiro se aproximou daquilo que havia estimado ser a entrada do esconderijo. E de imediato buscou algum meio de permitir que se infiltrasse ali, se de fato suas suspeitas estivessem corretas. E se realmente estivessem, então a primeira fase de sua missão havia sido concluída. Afinal, certificar-se da existência de um esconderijo era tão importante quanto as demais responsabilidades do seu objetivo - acreditava Hiro, pelo menos.

Ao se aproximar da área suspeita, Hiro percebe que aquelas gramíneas tinham uma forma retangular, como se fosse um tapete que cobrisse algo, provavelmente a entrada. De forma, displicente o shinobi estende a mão a fim de remover o empecilho de sua vista e quando este encosta no mesmo, acaba acionando um dispositivo que dispara dardos em sua direção quase que instantaneamente. Seria a armadilha perfeita, porém, o Jounnin da Folha era detentor de uma habilidade sobrenatural a qual ativou um movimento de arco-reflexo que o permitiu se esquivar com maestria dos projeteis lançados pela armadilha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 19:38

Um pingo de suor desceu da testa de Hiro, simbolizando o seu nervosismo para com a situação. A sua falta de atenção só não havia lhe causado sérios problemas em decorrência de sua genética alterada. Por mais que odiasse admitir, havia sido ela a responsável por faze-lo reagir perante os dardos lançados, mesmo com seu fracasso em detecta-los. A sua falta de atenção não podia tornar a falhar, então aos poucos a sua mente foi buscando meios de neutralizar ocorridos como os de há pouco. Em poucos segundos, lhe veio uma ideia. Pronto a executa-la, uniu as mãos, formando um único selo. De imediato surgiu uma réplica perfeita de si ao seu lado. Esta tomou a frente, sendo a isca para as demais armadilhas que viessem a aparecer.

Ao aproximarem-se novamente, ambos Hiro e o clone, buscaram adentrar o local. Notaram que agora o dispositivo estava desarmado, assim como um alçapão. Não havia mais empecilhos para a sua entrada, e esta veio finalmente a ocorrer quando a réplica abriu e fez sua infiltração, sendo seguido logo mais por seu criador.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 22:45

Hiro parecia ter aprendido a lição e então fez com que seu clone das sombras seguisse na dianteira para que, caso houvesse alguma armadilha, este servisse como bucha. De imediato, o clone, ao se aproximar da possível entrada, remove a armadilha e abre o alçapão que dá acesso a uma escadaria que desvanece em meio a escuridão do local. O shinobi percebe que na parte que ainda estava iluminada pela luz exterior, haviam tochas postas nas paredes voltadas, logicamente, para servir como iluminação do local, porém estas ainda estavam apagadas. Quando o clone começa a adentrar o local, descendo as escadas, a primeira tocha acende sozinha, como se tivesse algum mecanismo próprio...

Após entender mais ou menos o modo de funcionalidade das tochas, Hiro ordena a seu clone para que o mesmo continuasse o trajeto... À medida que seguem, as tochas vão acendendo uma por uma e a estrutura do local vai sendo revelada pela luz proveniente das chamas: As paredes que dão estrutura ao local possui certo cuidado com relação à estética, provavelmente, fora erguido por trabalho manual ao invés de algum jutsu de criação. Logo é possível deduzir que demorara algum tempo para que o local fosse construído e, consequentemente, seu proprietário já usufrui deste lugar há anos.

Quando a escadaria chega ao fim, Hiro se depara com uma situação curiosa: Existem três passagens a seguir, possivelmente cada uma daria acesso a outros cômodos. Em suma, a primeira coisa que o shinobi pode inferir é que a estrutura do lugar é formada por um labirinto e seja lá o que tiver ai, tal construção estaria ai para dificultar o acesso de algum invasor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 22:48

Avistando os três caminhos que se seguiam à sua frente, Hiro não pôde pensar em outra alternativa senão acrescer o número de suas cópias. Com o mesmo selo de em outrora, um Kage Bunshin foi originado. Este seguiu pelo caminho da direita, enquanto a restante réplica no local se dirigiu à esquerda. Hiro, por sua vez, escolheu o trajeto do meio. O jounin pretendia assim ter uma visão completa do local. Afinal, caso algum de seus clones fosse desfeito, a informação adquirida seria passada a si. Por via das dúvidas, manteve a devida cautela enquanto percorria o local. Visava a todo o momento prestar atenção em cada mínimo detalhe, prevenindo situações desfavoráveis para si.


Última edição por Roxas em Qui 29 Nov 2012, 23:34, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 23:32

Hiro e seus dois Kage Bunshins se aventuram a explorar o local, porém, dividem-se, indo cada um em uma direção:

O Clone 1, por assim dizer, pega o caminho da esquerda e segue um corredor que a princípio se volta para esquerda. Após muito caminhar, o clone tem a opção de dobrar a direita e seguir em frente, este opta por continuar reto até que o corredor se volta para a direita e somente para esta. Mantendo o mesmo padrão, o clone se aventura a seguir em frente, sem desviar para nenhum lado, apenas quando for inevitável. Novamente, o corredor se ramifica desta vez, para frente e para esquerda, mas a cópia número 1 continua a seguir em frente até que esta passa em frente a uma porta, a primeira porta que encontrara após alguns minutos de exploração. Esta porta era feita de metal, fechada por fora e possuía duas aberturas, uma em cima, em forma retangular, bastante estreita, como se fosse feita para que quem estivesse fora pudesse olhar o que estava dentro. A de baixo era do mesmo formato, porém um pouco maior, provavelmente para passar alguma coisa como, por exemplo, um prato de comida. Logo o Kage Bunshin deduz que estava em frente a uma cela e esta porta mantinha seu prisioneiro trancafiado. No entanto o que mais chamava a atenção do clone era que no meio da porta havia uma espécie de selo semelhante a uma tarja explosiva, porém com inscritos um pouco diferentes - talvez algum tipo de fuuinjutsu;

Já o Clone 2, por sua vez, toma o caminho da direita... O corredor se volta para a esquerda e, sem outra opção, o clone continua a seguir; mais a frente, o corredor se volta para a direita e o clone continua a seguir até que, após um curto tempo de caminhada, o corredor se ramifica para a esquerda e para frente. Todavia, a cópia número 2, seguindo o mesmo padrão que o clone número 1, continua em frente até que, após percorrer por mais algum tempo, acaba cruzando com uma porta bastante semelhante que a outra, contendo os meios detalhes que a mesma, incluindo o tal selo grudado na porta;

Por fim, o Hiro original, não diferiu do mesmo padrão de escolha utilizado por seus clones: seu objetivo era sempre seguir em frente, a não ser quando não fosse mais possível e com isso, ele acaba se deparando com uma porta igual as que seus clones encontraram durante a exploração. Restava-lhes a opção de ignorá-las ou continuar seguindo seus caminhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 29 Nov 2012, 23:33

De mentes idênticas, as ações dos três não poderiam se diferenciar em nada. Afinal, tratava-se da mesma pessoa, apesar de tudo. Todos, ao se depararem com as portas que se encontravam em cada um dos caminhos, se prontificaram a espia-las. Visavam a todo o custo avistar o interior do local, para só depois encontrarem um modo de agir tão apropriado quanto necessário. O Hiro original, entretanto, não foi capaz de se conter ao se lamentar em seus pensamentos, criticando o tamanho daquele local, assim como seus constantes caminhos que pareciam surgir cada vez mais. De todo o modo, observar o que ocorria dentro da cela era prioridade. Certamente, os seus clones pensavam o mesmo.

Simultaneamente, os três indivíduos de aparência idêntica se prontificam a olhar pela brecha a fim de avistar os residentes das celas. Os recintos estavam tomados inicialmente por uma escuridão, mas ao abrir a pequena janela de cada porta, com a entrada da luz que advinha de onde “cada Hiro” estava – mesmo que esta entrasse de forma diminuta – os três conseguiram ver com nitidez o que se encontrava lá dentro.

A primeira cela (clone 1) resguarda uma criatura enorme. Tinha traços humanoides, porém era extremamente robusta, possuindo dois chifres na sua testa seguindo a referencia do plano sagital mediano, ou seja, na mesma reta, porém um fica acima do outro; Na cela número 2, existe uma criatura deitada no chão, ela parece estar bastante fraca e desidratada. Ela possui características de um anfíbio, dentre estas se podem destacar nadadeiras, guelras e o corpo repleto de escamas; Por fim, na cela de número 3 existe uma criatura com os pés aderidos onde seria o teto do cômodo. Ela apresenta asas semelhantes a de um morcego, com certa palidez em sua pele. Hiro não conseguia ver ao certo, mas ela possui olhos esbranquiçados, como se tivessem perdido a luz por completo.

Em suma, todos possuem a mesma condição híbrida de Hiro, porém estes parecem possuir mais cromossomos animal do que os de humano e isso é perceptível, pois os traços animais em seus corpos são mais presentes. Provavelmente isso se deve a experiências científicas.

Tanto Hiro quanto o primeiro clone decidiram nada fazer perante a criatura que avistavam. De um lado, haveria um risco enorme caso abrisse a porta que continha uma criatura daquele porte; enquanto que de outro residia uma espécie de morcego, que em nada auxiliaria na missão. O segundo clone, entretanto, teve mais sorte. Encontrou uma criatura fraca e frágil, que com certeza poderia ajudar com informações a respeito daquele local. De imediato, projetou-se contra a porta, visando empurra-la. Não obtendo êxito, ganhou distância e realizou um pulo na direção da entrada, atacando com as suas garras que retraíam de suas mãos.

O golpe acertou em cheio a entrada, ativando o selo que imediatamente ocasionou uma explosão. O clone foi destruído no ato, enquanto que a porta foi arremessada para o interior da cela.

A informação foi instantaneamente passada a Hiro que, sem as maiores delongas, realizou um recuo e dirigiu-se ao início. De lá, percorreu o exato mesmo percurso do Kage Bunshin que havia sido desfeito. Pretendia chegar lá o quanto antes, para atender aos seus objetivos o mais cedo possível. A criatura estava fraca, porém consciente. Restava ao jounin encontra-la e obter o que tanto desejava. Em passos incrivelmente rápidos, o jovem felino deslocou-se numa velocidade surpreendente, pronto a chegar ao local em poucos instantes. O outro clone, por sua vez, continuou o caminho, abandonando por completo a cela que encontrara.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 30 Nov 2012, 00:58

Hiro original parte a toda velocidade em direção ao local onde seu clone havia sucumbido a explosão e, defato, este consegue chegar em um curto espaço de tempo, graças a dois fatores: sua rapidez e ao padrão simplório que assumiu ao percorrer o labirinto – sempre em frente. Quando este finalmente chega até o local onde o ocorrido com sua copia se sucedeu, ele avista a criatura anfíbia se arrastando pelo corredor, com muita dificuldade. Ela parecia querer sair desesperadamente deste local esdrúxulo, porém estava muito fraca para conseguir.

Enquanto isso, o clone remanescente continuava a explorar o esconderijo. Ele mantinha sempre o mesmo padrão de seguir em frente sem dobrar para nenhum lado a não ser que isto não fosse possível. Eis que, após certo tempo de marcha ele se aproxima de uma porta enorme – pelo menos três vezes maior do que a que viu anteriormente – localizada no lado direito. Esta é de metal, porém não possui as mesmas estruturas que a outra, a não ser pelo fato de ter um selo bem maior que o anterior. Ao mesmo tempo, de forma assimétrica a esta porta, se encontra um corredor que dá acesso a uma porta de mesmas proporções que a outra onde encontrou a criatura de traços bovinos. O corredor ainda seguia mais para frente, porém, a enorme porta, com certeza, despertava a curiosidade do Bunshin de Hiro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 30 Nov 2012, 01:08

Hiro imediatamente se aproximou da criatura anfíbia. Apesar de uma, ela ainda possuia certa parte humana, e como tal deveria atender às perguntas do Jounin. Este, ao chegar perto, anunciou sua chegada, conforme foi diminuindo a distância entre si e o híbrido. — Ei, estou aqui para ajudar. Se puder me dizer onde se encontra o responsável por todas essas experiências, prometo que o irei capturar. — O jovem felino então aguardou uma resposta daquele com quem dialogava, ou tentava dialogar.

O clone, enquanto isso, se encontrava perante a enorme porta. A curiosidade era tamanha, assim como a chance de que aquilo trouxesse grande parte das respostas que almejava encontrar. Notou um selo bem maior que da outra vista há pouco. Como ato final, se lançou à porta buscando empurra-la. Em caso de falha, ganharia distância e a atacaria com as suas garras. Era um ato comum à personalidade de Hiro, e como a réplica em questão não possuia conhecimento algum do ocorrido com o Kage Bunshin recentemente desfeito, iria realizar tal ação sem hesitar. Por mais que não fosse capaz de espiar por dentro do local, havia que forçar a sua entrada, custe o que custasse.

A criatura olha para Hiro, ela estava visivelmente incapacitada de realizar qualquer ação hostil — Fuja! — Ela diz, com uma voz rouca e quase inaudível como se tentasse alertar o felino sobre alguma coisa — Se ele te capturar você acabará como eu — Encerrou, ao mesmo tempo em que suas forças se esvaíram por completo.

Em simultâneo, o clone de Hiro investe contra a enorme porta de metal a fim de arrebentá-la para descobrir o que diabos se encontra do outro lado, no entanto, este acaba ativando o selo da porta e assim como o outro, acaba sendo engolido pela explosão, desfazendo-se.

— Tsc, bicho inútil. — Reclamou Hiro, conforme abandonou o híbrido e foi apressando o passo para a porta onde se encontrava o Kage Bunshin que acabara de ser desfeito. Realizou o mesmo método de antes, retornando ao início e percorrendo o caminho idêntico de seu clone. Desta vez, porém, estava com conhecimento o suficiente para superar aquele selo. As teorias iam se formando em sua mente, à medida que soluções e respostas iam se originando. O jovem felino, aos poucos, ia entendendo por completo todo aquele esconderijo. Bastava agora, somente, desvendar o segredo que se tinha por detrás daquela gigantesca porta.

Mais uma vez fazendo uso de sua extrema velocidade, Hiro visou chegar ao local o quanto antes. Não podia continuar vagando por aquele aparente labirinto. O cientista havia que ser capturado. Ainda mais agora, que sua existência havia sido certificada por si.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qua 26 Dez 2012, 23:33

O último clone de Hiro ao ser destruído repassou a informação sobre a enorme porta que encontrara. De imediato, o shinobi de konoha partiu a toda velocidade reconstruindo o caminho por onde sua cópia percorreu.

Munido de sua velocidade peculiar o shinobi chegou ao início do corredor que o deixaria em frente da enorme porta de metal. In local, o híbrido conseguiu perceber os danos da explosão: tanto o chão, quanto as paredes ostentavam rachaduras. Se não fossem constituídos de um material denso e resistente, inevitavelmente, as estruturas teriam perecido em meio aos danos.

Ao se aproximar, Hiro percebeu que a porta estava um pouco amassada na região central onde o selo se localizava. Uma pequena fresta se encontrava na parte central e dela transpassava uma luz pulsante vermelha; de forma oposta a porta, Hiro não deixou escapar a presença de outro corredor que em seu término apresentava outra porta idêntica as que encontrara durante a exploração ao recinto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qua 26 Dez 2012, 23:42

Admirando aquela enorme porta e seus danos perante a recente explosão, Hiro ganhou distância e, mais uma vez, deu origem a uma perfeita réplica sua. Esta, recorrendo à medida utilizada previamente, lançou-se à entrada com suas garras, atacando com sua potência máxima. Visava, novamente, forçar aquele conjunto de metal e permitir ao felino que adentrasse no local. Usar um clone ao invés de si mostrava-se a opção mais adequada para o momento, visto que tal método havia revelado seus sucessos ao longo da missão. Em adição à sua estratégia posta em ação, Hiro esboçou em sua face uma expressão de impaciência e insatisfação. Aquela região lhe trazia ansiedade, e como tal ser obrigado a aguardar e agir cautelosamente desse jeito se mostravam contrários à vontade do shinobi.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 27 Dez 2012, 00:15

O clone de Hiro atacou uma, duas, três vezes até que conseguiu abrir espaço suficiente para que pudesse adentrar o cômodo. Quando terminou, pusera-se a observar o local...

O cômodo em questão é completamente diferente dos demais. As paredes são revestidas por uma camada de metal, assim como o chão; a luz que Hiro havia visto passar pelas frestas sobrevinha de uma única lâmpada central, e esta não era pulsante, na verdade ele se distribuía de forma rotatória; rente às paredes, encontram-se algumas mesas com vários objetos de natureza científica/laboratorial; existem alguns aparelhos voltados à medicina, que possuem uma tecnologia um pouco mais avançada do que as que estão disponíveis no país do fogo e, possivelmente, do que as dos outros países; existem alguns tubos cilíndricos de vidro vazios, semelhantes aos que encontrara no outro laboratório, como também, existem algumas macas com corpos cobertos por um lençol branco. Dentre todas estas coisas, o que mais chamara a atenção do shinobi fora os estilhaços de um destas “incubadoras” que se espalhavam pelo chão junto a um líquido azul. O receptáculo parecia ser muito maior que os outros, isto é, antes de ser destroçado.

No exato momento em que Hiro se deu conta de que algo poderia ter saído daquele cilindro, um forte brado agudo ecoara dentro do cômodo e, instantaneamente, a lâmpada e todos os tubos cilíndricos explodiram. O local fora tomado pela escoridão, mesmo assim, Hiro num ato reflexo conseguiu ver por um reles momento a silhueta da criatura e de fato estava longe de ser humano. Mal conseguiu contar o número de braços ou patas que esta possuía.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 27 Dez 2012, 00:24

Observando a criatura, ou o pouco que podia ver dela, Hiro esboçou de imediato uma expressão de surpresa. Em adição a isto, rapidamente sacou ambas as katanas que se localizavam em suas costas. Estas foram prontamente posicionadas de maneira inversa à direção de seu corpo, demonstrando seu jeito incomum de lutar. Tal ato havia representado sua sensação de que estava sob ameaça, e como tal armar-se antes mostrava-se uma prevenção para o que poderia vir. Enquanto isso, os seus olhos esverdeados miraram o pouco que podia enxergar, prontos a alertar Hiro de tudo aquilo que fosse necessitar saber a respeito das características de seu possível inimigo.

— Pois bem, parece que temos algo bem incomum aqui. Não sei porque estou surpreso, já vi de tudo neste lugar. Não sei se consegue entender o que falo, mas talvez entenda com perfeição a minha lâmina! - E então o shinobi médico permaneceu quieto, analisando todos os passos daquela criatura, aguardando qualquer movimento brusco que esta realizasse.

Sem as maiores delongas, o jovem híbrido decidiu dar início à batalha. Atacar aquela criatura o quanto antes mostrava-se a opção mais adequada para a sua sobrevivência. E como tal, Hiro gritou para o seu clone atacar; o qual, de imediato, lançou-se para o teto, prendendo suas solas no mesmo pelo uso de seu chakra. Em sequência, fez uso de suas garras para atingir ferozmente a criatura. Em adição a este ataque, o felino fez uso de sua velocidade para alcançar as costas do inimigo, atacando-lhe com suas duas katanas, visando usar a sua réplica não só como distração, como forma de permitir-lhe adquirir um ataque furtivo perfeito em meio a toda aquela escuridão que parecia somente prejudica-lo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 27 Dez 2012, 01:38

De forma rápida, Hiro e seu clone, investiram contra a criatura de forma assimétrica, buscando atingi-la em dois pontos distintos. No entanto, a criatura surpreendeu ao shinobi ao esquivar com tranquilidade de todos os ataques comprovando que seus reflexos e suas capacidades perceptivas são bem apurados.

Tendo em vista que o insucesso de seus ataques também decorreu da ausência de luz neste cômodo, ambos, cópia e original, recuaram em direção a porta que daria acesso ao corredor no qual existiam algumas tochas acesas. Eis que, ao cruzar a linha que delimitava a saída do laboratório e o início do corredor, o shinobi e seu clone escutaram novamente o brado da criatura, mas desta vez este alcançou uma frequência ainda maior. Imediatamente, ambos fraquejaram prostrando os joelhos. Em seguida, escutaram um bater de asas seguido do estrondo que adveio do choque da criatura com a porta. O monstro atravessou a densa porta de metal com muita facilidade, fazendo com que ela quase se desprendesse por completa.

Finalmente era possível vislumbrar por completa a fisionomia da criatura, ela parecia ser a constituída da união de todas as genéticas possíveis: Ela tinha cerca de oito olhos avermelhados, distribuídos em pares; dois chifres na testa, postos de forma alinhada na horizontal; Possui presas enormes na região bucal, além de apêndices situadas ao lado da boca as quais se assemelham a pedipaldos; possuía aproximadamente 2,3 m de estatura e um corpo extremamente robusto, com escamas acinzentadas nos membros e pelugem negra na região do tórax; além de tudo possuía 3 pares do que poderia se chamar de braços e um par de pernas com garras em todas as extremidades dos membros; para finalizar, ostenta um par de asas de morcego e uma cauda enorme que semelhante a de um escorpião negro.

A criatura se posta a frente de seus adversários de forma imponente e se arma como se estivesse prestes a abater suas presas de forma definitiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 27 Dez 2012, 02:06

— M-Mas o que diabos é isso.. — Reclamou Hiro enquanto assistia o seu inimigo surgir perante si revelando sua verdadeira fisionomia. Como se não bastasse a junção de genéticas das quais tal ser dispunha, ainda havia provocado no shinobi médico um certo desiquilibrio, ocorrido em decorrência de suas ondas sonoras, as quais atingiram-lhe em cheio. Tal condição desfavorável havia tomado o lugar da falta de visibilidade de que havia tão desesperadamente livrar-se, e como tal somente podia encontrar desvantagens para si naquela luta.

Independente do quão ameaçador aquele inimigo pudesse vir a ser, Hiro havia que derrota-lo e completar sua missão. Não somente por uma questão de lealdade e compromentimento com o vilarejo da Folha, como pelo seu desejo interior em descobrir por completo tudo aquilo que ocorria naquele local. Aquela criatura mostrava-se um obstáculo, e como tal havia que ser ultrapassado. A derrota não era mais uma opção.

Segurando firme, porém dificilmente, aquelas duas katanas, Hiro as apontou na direção da criatura. Sendo revelada sua nova intenção de ataque, novamente tornou a ordenar a seu clone o seu próximo ato. — Prenda-o! — E com tal comando, a réplica correu na direção da criatura e ao aproximar-se lançou-lhe um jato de água pela boa. Este jato, entretanto, foi mirado pra atingir o solo na qual a criatura pisava, visando imobiliza-la nos membros inferiores. Em adição a isto, Hiro realizou um enorme salto e caiu sobre o inimigo com suas duas espadas. O destaque, no entanto, veio a surgir quando estas passaram e ser envolvidas por uma curta camada de chakra, a qual teve início com o proferir das devidas palavras: — Hankotsu (Espírito Rebelde)! — E então o híbrido tentou mais uma vez atacar não uma, mas duas vezes aquele estranho oponente, fazendo uso de suas afiadas lâminas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Qui 27 Dez 2012, 02:37

O jovem shinobi felino mesmo pasmo com a monstruosidade a sua frente conseguiu elaborar uma estratégia que poderia mudar o rumo da batalha: Sua tentativa de aprisionar o inimigo com sua técnica de suiton só não fora louvável pelo fato de seu adversário possuir a capacidade de levitar a qual fora providencial para que pudesse se evadir da técnica com maestria e foi o que aconteceu.

Mesmo não conseguindo paralisar os movimentos da criatura com sua técnica, Hiro continuou com sua investida tentando, incansavelmente, rasgar a couraça da criatura com suas katanas, mas foi em vão. Seu adversário era muito rápido e detinha múltiplas habilidades, era como se ele fosse um ser perfeito.

Logo, a criatura, enfurecida, avançou sobre o clone felino e investiu uma sequência de ataques com suas inúmeras garras visando neutralizá-lo definitivamente.

O clone não conseguiu acompanhar a velocidade da criatura e foi facilmente abatido, no entanto, o monstro não parou por ai e continuou a investir seus ataques, agora visando o Hiro original. Este conseguiu esquivar do primeiro golpe, mas em seguida, começou a sentir as penalidades do último ataque da criatura e então ele acabou sendo vítima de quatro golpes na altura do tórax advindos das garras da aberração...

Neste momento, passos apressados são escutados, alguém se aproximava. Tudo indicava que o indivíduo chegaria pela retaguarda de Hiro e isso preocupava o shinobi da folha, pois se fosse algum inimigo ele estaria em grandes apuros. Entretanto, o recém-chegado se demonstrou ser um aliado de konoha - Umarekawatta, do clã Muhura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Muhura Umarekawatta
Famoso
Famoso
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 21/12/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 28 Dez 2012, 00:57

O rumo da missão fora alterado, após algum tempo de viagem em rumo a Vila da Chuva Kawatta foi obrigado a enviar sua águia para Konoha, sua velocidade e enorme altitude de voo permitiram que ele chegasse rapidamente usando de enorme despenques para ganhar velocidade e apenas planar, após passar as informações para Hokage(A qual apenas havia descrito a impossibilidade de uma invasão na Vila) o Hokage enviou à outra, desta vez como auxílio, havia sido enviado para auxiliar Hiro, novamente, durante esse trajeto utilizou do Fuuin ainda ativo na mão de seu aliado, este que infelizmente se perdeu poucas horas após o rumo que se iniciou, mas, juntando com as especificações da rota deixadas na mensagem do Hokage e com o senso direcional conseguido pelo Fuin logo estava a caminho, assim que encontrou o mesmo local que Hiro adentrou, havia sinais claros que havia passado por ali, e com a simples invocação de sua mariposa o cheiro de Hiro ficou claro, ela a princípio se confundiu quando os caminhos se bifurcaram, uma denotação do uso de Bushins, entretanto, logo isso foi resolvido com poucos segundos esperando que ela conseguisse se focar, logo que avistará o corredor, desfez o Fuuin da Mariposa e então ativará outro Jutsu, adquirindo assim uma postura semelhante a de um macaco, ainda estava de pé, mas, as costas levemente curvadas e os dedos de suas mãos levemente dobrados, olhou por alguns para o ser que havia frente ao aliado, Hiro estava com problemas, saltou poucos metros a frente aterrizando ao lado do companheiro parando com os joelhos dobrados e as mãos no chão, —Sua capacidade de enfrentar seres estranhos é incomparável, Hiro. — Visualizou o ser a sua frente, sua aparência, imaginou seu peso e também suas capacidades físicas, precisava analisá-lo melhor, e por isso necessitava de ampliar seus poderes, o prévio uso de Bēta-Ban no ohō(Imitação das Bestas) deu a Kawatta uma mobilidade maior, agora com alguns poucos ins o ar a sua volta se acumulou e um vento forte que foi suficiente para fazer Hiro desfocar a visão do Muhura rodou o mesmo, este que teve seus cabelos erguidos, agora a pouca poeira do chão era levada para longe e em volta de Kawatta um tipo de redoma de ar estava ativa. —Futon - Kaze no Warutsu(Valsa dos Ventos) — A posição de joelhos dobrados foi alterada para uma onde estava mais erguido, olhou de soslaio para o aliado sem se descuidar do adversário — Ele por acaso é racional, Hiro?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 28 Dez 2012, 01:27

Aquelas garras tão afiadas quanto uma lâmina perfuraram intensamente o corpo de Hiro que, diante de tamanho dano, viu-se obrigado a cair de joelhos sobre o chão. Deixando sangue escorrer por seus ferimentos, o shinobi médico encontrava-se agora com sua roupa totalmente manchada de cor rubra, revelando o quão árdua aquela batalha estava se tornando.

Ao notar uma presença alheia, de imediato girou seu pescoço, visando enxergar quem seria o provável inimigo. Com uma expressão de alívio, suspirou ao identificar a nova companhia no local como seu colega em outras missões. Agindo conforme tal descoberta, respondeu ao mesmo assim que este proferiu suas primeiras palavras. — Acredite, não é culpa minha enfrentar seres anormais assim. Mas bem, este aqui está dando mais trabalho que o normal. Quanto à racionalidade dele, acho que não a tem. Não demonstrou qualquer capacidade de pensamento até agora, se limitou a me atacar sem pensar duas vezes antes. — Hiro então pausou para respirar, pretendendo também se recuperar um pouco dos ferimentos recém-adquiridos. E então, tornou a falar. — Como pode ver, o corpo dele constitui de todas as genéticas animais possíveis. Talvez seja a experiência perfeita. Não sei o que fazer para derrota-lo.

E retomando ao foco da batalha, o híbrido logo cobriu-se de uma camada de chakra, visando proteger-se dos próximos golpes dos quais fosse alvo. — Seishin no Hogo (Proteção Espiritual). — Virando-se para Kawatta novamente, Hiro decidiu desta vez tornar a atualizar-lhe dos fatos ocorridos, focando agora nos efeitos sofridos. — Ah, esqueci de mencionar. Estou sob efeito de uma onda sonora dele que afetou meu equilíbrio físico, não estou em condições de lutar com tudo até me recuperar disso. Se ao menos eu pudesse conseguir tempo para me curar.. — Ao final de suas palavras, Hiro aguardou ao lado de seu colega, assumindo uma postura defensiva de lutar. Atacar não iria adiantar de nada até que o efeito cessasse, e como tal não lhe restava outra opção senão sobreviver até lá.

Apesar de não ser racional, a criatura parecia possuir um sensor de perigo natural. Mediante aos véus elementais formados em volta dos dois shinobis a sua frente, a criatura bateu asas, recuando cerca de 10m para trás, ainda levitando. Eis que, novamente ela urrou, desta vez com ainda mais força, anexando a sua habilidade, uma forte rajada de vento, intensa o suficiente para apagar o fogo das tochas levando o lugar a escuridão novamente.

A criatura parecia insistir em utilizar estes ataques sonoros para causar penalidades em seus adversários. Hiro cada vez mais ficava desnorteado mediante a esta situação; já Muhura, parecia não sofrer nada com os tentos de seu adversário.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Muhura Umarekawatta
Famoso
Famoso
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 21/12/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 28 Dez 2012, 02:00

A situação de nada favorecia aos Shinobis, analisou bem as palavras de Hiro, seria o momento perfeito para tal uso, o Jutsu de um todo seria bem usado, fez ins e por Hiro estar perto não ocorreu problemas em tocá-lo no braço. —Isso vai ajudá-lo a se movimentar... Fuin de Kuan Yin(Selamento de Kuan Yin) — O Fuuin imposto em Hiro imediatamente começou suas funcionalidades, o chakra mesclado ao do Fuin fez vida, fez ele se curar, Hiro estava “apto” para o combate agora, o Muhura sabia da desvantagem que seria a escuridão e nenhum jutsu de Katon estava imposto em seu arsenal, então, por agora deveria se esconder, simplesmente se posicionou atrás de hiro na parede fazendo com que a sua postura de combate mudasse, simplesmente desapareceu, se tornou um com o local onde estava, Bēta-Ban no ohō(Imitação das Bestas)- Keijō Kamereon(Forma do Camaleão) fora ativado, pelo visto e pelo biótipo do monstro ele poderia localizá-lo pelo olfato, mas, o Muhura estava preparado o ar que ainda o protegia simplesmente espalhava seu cheiro e até mesmo o de Hiro por todo o tunel e como havia usado a proteção de Hiro para se camuflar na parede isso dificultava ainda mais a percepção do animal, que para o Muhura também poderia enxergar naquela situação, afinal, o instinto animal privilegia fazer as cosias da melhor maneira que fosse possível para abater a presa. Se manteve por fim assim, oculto, a camuflagem perfeita, como um camaleão, e só poderia ser descoberto se a besta fera tivesse alguma forma de rastrear chakra, e se fosse esse o caso, a situação estava bem pior que antes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 28 Dez 2012, 02:14

Assistindo mais uma vez a escuridão tomar conta do local, Hiro esboçou uma feição de insatisfação para com a situação, a qual provavelmente somente pudera ser vista pela própria criatura causadora de tal infortúnio. Em adição a tal ocorrido, se surpreendeu mais ainda com o ato de cura inesperado e totalmente imprevisível proveniente de Kawatta. Nunca havia presenciado tal habilidade dele, e jamais acreditou que pudesse vir a desenvolver isso. Aquela regeneração, entretanto, havia sido uma dádiva para si. Ao recuperar totalmente o seu equilíbrio, o jovem felino mostrou-se pronto para retornar ao combate com tudo. Ou quase tudo, afinal aquela falta de visão total no local ainda mostrava-se um fardo, o qual dificilmente seria superado por métodos convencionais. Como tal, viu-se obrigado a contentar-se com isso e partir para a batalha. — Valeu, Kawatta.

Apostando dessa vez na sorte, Hiro guardou ambas as katanas em suas respectivas bainhas em suas costas. E, revelando as garras afiadas de que dispunha, se dirigiu em uma velocidade assustadora para próximo da criatura, pronto para atingi-la com dois golpes consecutivos e ambidestros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 28 Dez 2012, 02:58

O jutsu de Kawatta além de ter livrado Hiro de suas penalidades, parecia ter reestabelecido seu ânimo em combate. Rapidamente o Shinobi felino partiu para cima de seu adversário investindo dois ataques nutridos com chakra o suficiente para torná-los letais. No entanto, mais uma vez a criatura se demonstrou mais ágil que os tentos do híbrido felino, conseguindo se esquivar com muita facilidade.

Ainda utilizando de sua habilidade de vôo, a criatura fez um movimento como se finta-se no ar e então cuspiu uma substância esbranquiçada em direção de Hiro, no intuito de atingí-lo. Porém, o shinobi felino - agora sob os efeitos de sua postura de combate - adquirira uma velocidade surpreendente a qual o tornou apto para se esquivar do ataque com facilidade. O projétil lançado pela criatura caiu no chão alguns metros à frente e foi ai que Hiro percebeu que aquilo se tratava de uma teia de aranha- A criatura pretendia prendê-lo para depois atacá-lo com mais precisão e, fatalmente, assassiná-lo.


Última edição por Dúh Stark em Sab 05 Jan 2013, 15:00, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Muhura Umarekawatta
Famoso
Famoso
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 21/12/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sex 28 Dez 2012, 03:09

Não podia ver nada, mas, uma coisa era certa, ainda podia escutar, o som das asas do inimigo era audível para qualquer ser vivo, a movimentação de Hiro também era perceptível mas está tão baixa que não poderia discernir de onde vinha ou onde ia, mas, felizmente Hiro não era seu inimigo, se movimentou perdendo automaticamente a posição, Kawatta fechou os olhos e analisou o som das asas de seu inimigo, era o suficiente, simplesmente lançou as 4 lâminas de vento na direção do monstro, ainda sofria as penalidades da escuridão, mas, agora isso acabaria com a ativação da postura Mariposa no Katachi(Forma da Mariposa), era tamanha capacidade no olfato que Kawatta agora conseguia saber a posição de tudo ali, até mais a frente, conseguiu sentir o cheiro que vinha das celas que Hiro passou antes, conseguiu sentir o cheiro de Hiro e do adversário, até mesmo o ar puro que vinha da saída do esconderijo, agora também podia lutar as cegas.

Sob o auxílio de seu olfato apurado, Muhura localizou o inimigo e então lançou os projéteis de Fuuton. As lâminas rasgavam o ar à medida que avançavam em direção a monstruosa criatura, porém, foram facilmente defletidas por ela através de um simples bater de asas.

Conforme o combate se prolongava, a suspeita da invencibilidade da criatura ficava cada vez mais nítida – era, sem sombra de dúvidas, o ser perfeito.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inozaki
Lendário
Lendário
avatar

Mensagens : 365
Data de inscrição : 21/11/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sab 05 Jan 2013, 15:21

"Teia, hum? Esse maldito quer me prender pra dar o golpe final. Não deixarei que isso aconteça!" — Analisando com calma a substância lançada por seu inimigo, Hiro pôde entender do que se tratava, assim como os riscos para si caso fosse atingido por ela. O adversário até então havia se mostrado cada vez mais um ser perfeito, e se não existisse um, então ele seria aquilo mais próximo disso. Não possuía pontos fracos, desvantagens ou qualquer característica que visasse por fim conceder a Hiro as verdadeiras chances de vitória. Entretanto, não havia porque desistir. As intenções do híbrido naquele local mostravam-se superiores às das estabelecidas pela missão na qual se encontrava. Por uma questão pessoal, sobreviver àquele monstro era o seu maior desejo. E para tal intento, as habilidades do oponente haviam que ser ultrapassadas. E o único meio de alcançar isso seria ao acertar pelo menos um de seus ataques.


Dispensando qualquer tempo a mais para pensar, o shinobi felino partiu para o ataque. As garras, mais uma vez à mostra, deram a entender a finalidade de sua ofensiva. Aquelas seriam suas armas. Não necessitava de katanas ou quaisquer outros utensílios, quando tinha em posse aquelas tão afiadas garras. E como tal, novamente em decorrência de sua excepcional velocidade, agora maximizada pela sua postura, saiu de sua posição, de forma que alcançou a aceleração máxima em tão pouco tempo que quase o fez sumir e se tornar invisível por onde quer que passasse. O híbrido então pareceu surgir ao lado da criatura, pronto a atingir-lhe mais uma vez. Não apenas uma, mas duas vezes aquelas armas naturais visaram acertar o oponente. O chakra contido naquela ofensiva poderia ser incrivelmente prejudicial, caso a intenção de Hiro fosse bem sucedida ao desferir aqueles ataques. — "Tenho que acertar, ao menos uma vez!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   Sab 05 Jan 2013, 15:46

Os ataques do shinobi felino foram desferidos com muita presteza e velocidade, no entanto elas não foram superiores as capacidades defensivas da criatura que, habilmente, sobrepujou a investida de seu adversário ao fazer com que suas asas o impulsionasse para trás.

Em resposta, o multi-híbrido, em meio ao recuo defensivo, tocou por um momento com os pés no chão e, com o apoio de suas asas, investiu ferozmente contra Hiro, iniciando uma sequência de golpes por meio de suas múltiplas garras.

Hiro já havia sido vítima desta habilidade e sabia o quão debilitado poderia ficar caso não conseguisse se evadir desta ofensiva. Então, utilizando de sua velocidade, o shinobi recuou utilizando movimentos não-retilíneos para dificultar a ação da criatura. No início, ele conseguiu acertá-la, entretanto fora fatalmente atingido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Episódio 12 | Sombras do Passado   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Episódio 12 | Sombras do Passado
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Loja Sombras
» Dungeons em Dragons(Caverna do Dragão) Ultimo Episódio
» [EVENTO] MONTE SUA QUEST BASEADA NOS EPISÓDIOS DA SÉRIE POKEMON!
» As sombras me iluminam
» [Guilda] Irmandade das sombras

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto: Shinobi no Sho - Sistema D8 de RPG :: Tópicos Arquivados :: Arquivos do Fórum :: Naruto SnS Online :: Toua: O Oriente :: Toua: Shinsho :: Episódios-
Ir para: