Fórum destinado a divulgação e composição do RPG - Naruto ''Shinobi no Sho'' - Sistema D8
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Menu
CSS MenuMaker
Últimos assuntos
» Apresente-se
Sex 25 Ago 2017, 23:48 por George Firefalcon

» Episódio 49 | A Reunião
Dom 06 Ago 2017, 19:15 por Fësant

» Dúvidas do Sistema
Ter 01 Ago 2017, 11:33 por Fësant

» Episódio 46 | Ou Himitsu?
Seg 26 Jun 2017, 02:57 por Fësant

» Episódio 48 | Encontros Esperados
Sab 24 Jun 2017, 18:09 por Inozaki

» Episódio 47 | De volta a Konoha
Seg 12 Jun 2017, 14:46 por Fësant

» Episódio 45 | Shu
Seg 12 Jun 2017, 14:19 por Fësant

» Episódio 44 | A Aliança
Seg 12 Jun 2017, 14:11 por Fësant

Parceiros

Licença
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Compartilhe | 
 

 Episódio 52: O Julgamento da Folha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Dúh Stark
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 90
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Ter 19 Abr 2011, 13:31



Tabulação Estava concluída! A sanção de Konoha foi efetuada pelas mãos do deus zero. Casas, edificações, árvores, animais... tudo tragado pelo jutsu apocalíptico que antecedeu a destruição. Nenhum remorso ou sentimento vil foi expressado pelo Nukenin ao ver o que se tornara o lugar que um dia chamou de lar. Enquanto a poeira baixava, sua habilidade perceptiva, peculiar por sinal, começava a vasculhar em busca de sobreviventes e, apesar de não se surpreender, não se fez indiferente as medidas adotadas pela liderança da vila ao fazer com que os habitantes se evadissem para o subsolo, prevenindo assim que tal calamidade se abrangesse de forma completa.

Tabulação Sequencialmente, viu Daikyuu se afastar do local como se procurasse por algo perdido a muito tempo e percebeu, através de sua técnica sensorial, o súbito surgimento de mais shinobis, que ao poucos começavam a se espalhar, a maioria deles vindo em sua direção. Parece que eles estão dispostos a devolver na mesma moeda o que Kazuya fez com a vila da folha. Não demora muito, Hioku consegue vislumbrar um jovem vindo em alta velocidade, mas sua atenção é voltada ao outro ser de aparência esdrúxula, que apesar de distante, consegue ultrapassar o jovem que se fez mais próximo do local onde estão Kazuya e os demais. O grito vindo da mulher demonstra a fúria que envolve seu corpo, entretanto, tal atitude precipitada só traria conseqüências negativas a ela e de fato foi o que ocorreu. Em poucos segundos ela foi domada e forçada a lutar contra aquele que em outrora se designava um aliado – Takahara.

Tabulação Em simultâneo, Hioku consegue sentir as proporções de uma batalha, entre dois indivíduos, que se iniciara longe dali. Um dos chakras era conhecido, apesar de ter sido presenciado por poucos segundos. Era o tal Deus da Sombra que em outrora interferira na luta contra Nara Sousuke. O outro chakra que estava se confrontando com ele se fez conveniente. Não havia dúvidas que tinha características semelhantes ao de Daikyuu. Rapidamente o jovem conclui: — Um Uchiha, achei que todos tivessem sido... Ah! – Recorda-se de algo – Só pode ser o próprio carrasco do clã, Uchiha Yahiko, o irmão de Daikyuu. Quiçá o idiota fique feliz por seu irmão mais velho estar vivo... "De qualquer forma, Yahiko está em segundo plano..." Eis que os olhos de Hioku diminuem como se fitasse seu alvo. Estava na hora de dar o troco pelo modo que o Nara se portou no meio de sua batalha contra dois Chuunins de Konoha, ele seria sua presa, estava decidido.

Tabulação Vendo que o portador do Rin’negan planejava dispersar a nevoa, antes mesmo de aguardar se o Shodaime conseguiria detê-lo, Hioku aproveita para se evadir indo ao encontro do deus das sombras. Pretendia pega-lo desprevenido, desferindo um ataque silencioso e mortal. Só assim as desavenças estariam quitadas... Definitivamente!




Última edição por Yoni Hioku em Qua 20 Abr 2011, 11:27, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fësant
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 1668
Data de inscrição : 23/06/2009
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Ter 19 Abr 2011, 14:43

(...)
Seshuu nota que partículas de água começaram a circundar a névoa. A intenção do executor era criar uma defesa, como uma cúpula, para impedir que a névoa fosse dispersada. E, de fato, este conseguiu: uma redoma de grandes proporções, completamente feita de uma película de água, foi criada sobre a névoa. A técnica Fuuton de Seshuu atinge a redoma, causa sua alteração de forma, como ocorre quando se golpeia uma bolsa de água, mas nada além disso ocorreu.

Para Seshuu, seja quem tenha sido o executor, pela capacidade de teve de prever e tentar combater a ação de Seshuu estando imerso naquela névoa, ele não pode ser considerado um qualquer.

Em contrapartida, estando mais próximo do local, Seshuu nota com mais facilidade as presenças de Hana e Taka, sendo que a Dama do Time Hikari não parecia se encontrar em seu estado normal. Em uma análise rápida, através da Percepção da Fonte da Vida, Seshuu nota claramente que sua amiga estava sendo controlada por um poderoso jutsu. Nota, também, pelo deslocamento de chakra, que um dos inimigos se locomove em alta velocidade para fora da névoa, dirigindo-se na direção onde coincidentemente havia os dois outros chakras, mais distantes. No fim, a primeira tentativa de penetrar o campo inimigo havia falhado.
(...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto.sistemad8.com
Blackheart
Veterano
Veterano
avatar

Mensagens : 211
Data de inscrição : 09/01/2010
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Qui 21 Abr 2011, 22:18

(...)
Shisui de dentro na névoa sorriu, finalizando seu selo. Algo pareceu mudar, mais imperceptível. Rapidamente uma grande massa de água começou a ser expelida de pontos por fora de toda Konoha, por ultimo circulando como um tornado gigantesco. A cena era bonita, se não fosse um Jutsu reconhecível facilmente por Yusuke e Ichiro, ninguem poderia criar tanta água do nada e maneja-la daquela forma facilmente se não, uma pessoa... a grande quantidade de água despencou sobre todos! Takahara e Hana de dentro da barreira puderam ficar intocáveis. Daikyuu e Namito por estarem em buracos acabam escapando do jutsu, mais puderam assistir e sentir o implacável jutsu. Os outros integrantes foram pegos pela correnteza rapidamente.

Após a agua se acalmar, Konoha parecia uma pequena lagoa. Os destroços se formavam como pequenos arquipelogos. Kazuya havia tornando o que foi Konoha, algo irreconhecível. Graças ao Rokubi e sua afinidade com a técnica Suiton, Ryo consegue escapar bem a tempo da técnica, levando Seshuu consigo. No momento, ambos se encontravam em uma montanha mais elevada de destroços, já distantes do ponto onde Hana, Takahara, o Deus do Gelo e o inimigo desconhecido se encontravam. Ichiro e Yusuke, que já se localizavam sobre o topo do Prédio do Hokage, não foram atingidos pela grande onda. Além de poderosa, aquela técnica parecer ter algo pior... Toda a temperatura do local parecia diminuir e pequenos pedaços de gelo estavam espalhados pela água.

Sesshu pode sentir que o chakra de Takahara e Hana haviam desaparecido, assim como o de Shisui, mas não suas presenças vitais. O outro membro não havia tido seu chakra identificado, desde início, mas somente sua presença. Rapidamente, Seshuu percebeu a presença do ultimo membro do grupo. Kazuya caiu por trás da posição dos dois sobre os escombros. Seu manto dos Doze Deuses, seu olhar distante e a sensação nostálgica denunciavam que era ele. O Deus Zero. O chão pareceu trincar com sua presença, e por último, a água borbulhar.

Os corpos de Ryo e Sesshu pareciam serem pressionados contra o chão, como se uma força esmagadora estivesse presente. Os olhos de Seshuu, o lendário Rin'negan, puderam ver de forma abrupta uma colossal massa de chakra se expandir por todo o lugar. Era tão grande que o próprio corpo do ninja parecia "desperdiçar" chakra para poder suportar, e esse desperdício gerava uma pressão avassaladora. Em uma comparação simples, aquele homem possuía uma quantidade tão grande como a criatura que estava dentro de seu próprio companheiro, Ryo, em chakra. Mais havia algo diferente, não eram apenas cinco pontos de pura energia em seu corpo. Havia sete, e estes estavam extremamente intensos, como se fosse uma energia ainda mais vil e poderosa.




— Você nos poupou o trabalho de ter que procura-lo. Vocês são ninjas renegados, e mesmo assim protegem o que um dia foi Konoha? Vocês nem sequer podem se proteger... você fugiu por muito tempo, Heremita dos Seis Caminhos... mais chegou a hora de enfrentar a realidade. Uma verdade que nem mesmo seus companheiros poderam ajuda-lo. Esse poder em seus olhos precisam ser apagados completamente. Hoje, você morrerá.
(...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zeru
Veterano
Veterano
avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 22/11/2009
Idade : 31
Localização : Nova Iguaçu

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Sex 22 Abr 2011, 12:32

◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘
A forma como sua investida contra o jutsu da névoa oculta foi neutralizada lhe causara preocupação, seja lá quem a tenha feito era alguém a se preocupar, e durante a realização do jutsu podia saber que o executor era o desconhecido no qual Ichiro e Yusuke pareciam preocupados. Seus jutsu açoita violentamente a recente bolha d'água criada para revestir a cobertura da névoa, seu intento fora falho e dera margem para a reação das forças inimigas. Um aparentemente se movera para fora da ocultação, talvez este fosse alvo da atenção de Ichiro e Yusuke, Hana parecia pouco a pouco perder mais do controle e manifestando assim seu chakra corrompido tudo mediado por um algum jutsu de controle, no entanto era algo que não lhe causara tanta preocupação.

Segundos após sua falha mais água irrompe da bolha no formato de cascatas, e assim banhavam toda a vila de forma a deixa-la quase que submersa, poupando somente os pontos mais altos. Graças ao esforço de Ryo não fora pego pelo jutsu realizado de forma abrupta porem excepcional. Seus olhos revelam que havia algo a mais naquela técnica mas por hora tudo que podia fazer era aguardar. Seus sentidos se focam nos inimigos e a maioria deles mantêm suas posições com exceção do que escapara pelo flanco da névoa e por Kazuya que prontamente se mostrara pronto para pegar o que desejava. A presença daquele homem era de fato como Ichiro havia relatado, mas meras palavras não poderiam dizer tudo, somente agora compreendia com o que estava lidando, a magnificência do seu chakra gerava uma pressão incomum, graças a oportunidade de ter conhecido Ryo podia se manter tranquilamente frente aquela onda de impacto. O algoz de Konoha logo se presta a iniciar um dialogo e este somente ouve e após sua conclusão fala:

-- Então mostre-me a realidade ... Kazuya !!

Seu rosto se vira na direção de Ryo e com um aceno de cabeça assiná-la sua próxima ação deixando o companheiro preparado. Uma das mãos do Sucessor dos Seis Caminhos é erguida na direção do companheiro esperando que o mesmo responda como o esperado, enquanto fala:

-- Você sabe o que fazer Ryo, eu sei o quanto você gosta de um desafio, mas gostaria que você permitisse que eu cuidasse desse em especial, se eu precisar de ajuda você certamente vai saber... Vamos assinar o contrato agora, se encarregue que Hana faça o mesmo, posteriormente.
◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘


Última edição por Rokudo no Seshuu em Sex 22 Abr 2011, 13:20, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius
Distinto
Distinto
avatar

Mensagens : 69
Data de inscrição : 01/12/2009
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Sex 22 Abr 2011, 13:06

=================================================================

Ryo estava próximo do seu embate contra qualquer um deles, vai mostrar o que veio fazer. Aguarda a realização do Jutsu de Seshuu, nota que as defesas dos inimigos tiveram um efeito melhor, nada dizia, mais ficou um pouco irritado com a situação, pois quem conseguiu parar este Jutsu é um alvo que gostaria de derrota-lo. Sua expressão era de seriedade no momento em que percebe o 'Tsunami' tomando todo os destroços da vila, libera um sorriso malicioso de lado e diz: ─ Usuário de Suiton, interessante... E ridículo achar que serei pego por essa técnica... - Crer que seu companheiro consiga escapar facilmente também, começa a saltar para os lados e com a intenção de subir cada vez mais e notar que conseguiu desviar.

Observa ao seu redor e ver que esta tudo bem, então quando aparece aquele homem a qual todos o temem pelo seu grande poder, Ryo iria dar um passo a frente então de quando sente a poderosa energia, pensa rapidamente: "Realmente é poderosa essa energia... Droga... Mas não o suficiente para me parar... - Tenta ao máximo manter-se ereto, ouve as palavras do famoso Deus Zero, apenas libera um sorriso de lado de deboche, ouve as palavras de seu companheiro e responde Kazuya ao mesmo instante: ─ Kazuya... Sabe de uma coisa. Você vai ter o azar de enfrentar Seshuu. Pois há uma grande diferença entre vocês dois. Você é apenas um invejoso e sem criatividade, querendo tomar tudo e a todos para o seu benefício. Você é o mais covarde e inútil que conheci até hoje, você é a prova viva do mais ridículo entre os Shinobis existentes. E meu companheiro aqui Seshuu, ele já nasceu com o dom, você nunca vai o derrotar. Sorte sua que não vou enfrenta-lo, deixarei meu amigo limpar o lixo de Konoha. Faça bem o seu papel eu amigo. Eu cuido do outro...


Rapidamente olha de lado para o seu companheiro com um sorriso de deboche mesmo sentindo a força de Kazuya que é impressionante não temia o que ele tinha a oferecer, pois um dos mais fortes entre nós é ele Seshuu. Rapidamente entendo o plano e completa: ─ Porcaria Seshuu, sabe que odeio este Jutsu... Mas não temos tempo... - Rapidamente rasga o seu polegar com o dente e esfrega na palma do companheiro e aguarda ele concluir a técnica e diz: Entendido! Só aguardando agora para eu poder partir. Faça bem o seu papel como catador de lixo... - Já se preparando para dar investida em direção ao desgraçado do usuário de Gelo e antes em direção a sua companheira Hana e por ela no contrato, assim ela possa se acalmar muito bem e voltar a ser a Hana de sempre.

=================================================================
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zeru
Veterano
Veterano
avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 22/11/2009
Idade : 31
Localização : Nova Iguaçu

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Sex 22 Abr 2011, 13:20

◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘
Com um sorriso e uma gota na cabeça encara Ryo e seus apontamentos nada civilizados, no entanto tal caracteristica era a que Seshuu mais apreciava, a autoconfiança do Nukenin da Névoa era de longe a maior dentro do grupo, ultrapassando até mesmo Hana. Logo retoma a seriedade e como agradecimento pela colaboração de Ryo começa a executar o jutsu, as mãos unidas rapidamente começam a desenhar os ins necessarios para sua execução e ao finalizar simplesmente sussurra seu nome:

-- Suiton Senketsu - Buntan Shoumon (Sangue - Contrato da Partilha) !!

Sem mais nenhum efeito o jutsu é realizado e a primeira vista nada muda significativamente, voltando a encarar Ryo acena positivamente com a cabeça avisando que o mesmo pode partir quando quiser, dando um passo a frente se poe frente a frente com Kazuya e mais uma vez se dirige aquele que se intitulava Deus:

-- Uma correção Deus Zero, está enganado se meus companheiros não poderam me ajudar, graças a mim eles sempre vão poder ... Ainda está muito cedo para que meus olhos venham a ser fechados pela ultima vez, mas se os quer tanto assim venha tentar tirar o destino que me é de direito.
◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Blackheart
Veterano
Veterano
avatar

Mensagens : 211
Data de inscrição : 09/01/2010
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Sab 23 Abr 2011, 03:23

— Tantas palavras e nada dito, você é apenas uma criança gritando. — Kazuya disse sua única frase respondendo todos os comentários de Ryo. Por ultimo, destinou-se para seu alvo. — Você acha que tenho inveja de seu Rin'negan? Não seja tolo. É verdade que as kekkei genkais usadas sabiamente possuem poderes incalculáveis, mais vejam o que fiz sozinho à Konoha... vocês acham que eu preciso de mais poder? — Kazuya começou a caminhar, diminuindo a distância entre os shinobis ali presentes. Sua expressão era fria e tenebrosa e quanto mais se aproximava, mais Sesshu podia perceber a alteração e concentração de chakra. Sua capacidade de manipular tanto chakra ao mesmo tempo era fenomenal, e sabiamente estava custando caro a seu corpo.

— Os Juunikami (Doze Deuses) buscam seus olhos, Sesshu. É a ultima peça do quebra-cabeça, se eles a concluirem a arma ninja perfeita estará completa. Eu sou apenas um dos Doze. Vocês se prendem em uma ilusão patética. Olhem a sua volta, vejam o que restou... tentam proteger algo que nem sequer existe... — Kazuya parou de se mover, frente a Sesshu, fitando-o friamente. A presença do homem o fazia sentir por todo seu corpo aquele chakra detestável. Era possível sentir o quão vil, cruel e maligno era aquela energia facilmente até mesmo para Ryo que não possuia um Doujutsu. — Rokubi, em seu corpo está preso uma das nove mais poderosas bestas, mesmo sendo membro do famoso clã Aokawa da Névoa. Diferente de seu irmão, você não herdou a linhagem não é mesmo? Você é tão patético ao ponto de não perceber que neste momento... seu irmão está tão próximo de você? Você se preocupa tanto com seu próprio ego, encherga tanto apenas uma direção que não pode ver o que realmente o cerca. Você é apenas uma criança tola que "grita" para ocultar sua própria fraqueza. — Kazuya apenas desviou levemente seus olhos para uma direção vaga, a direção que Sesshu podia sentir como sendo a que Namito, o portador da Kyuubi enfrentava seu algoz. — Todos estão lutando para proteger algo. Mais você Ryo, está perdido... você ainda não encontrou o verdadeiro motivo para lutar. — Kazuya fitou novamente Seshuu olhando-o atentamente.

— Não posso permitir que os Doze cumpram seu objetivo. Quando você morrer, o mundo poderá viver em paz. Mais se sobreviver, a guerra sempre estará ao redor de seus olhos como uma maldição. Eu e você temos algo em comum, lutamos por nosso ideal... apesar da diferença. Me diga, Sesshu. Se possuisse meu poder, se estivesse em meu lugar, o que faria?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zeru
Veterano
Veterano
avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 22/11/2009
Idade : 31
Localização : Nova Iguaçu

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Dom 24 Abr 2011, 17:34

◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘
Estava no momento frente a frente com aquele que tinha o potencial para ser um de seus maiores inimigos, antes de iniciar um combate inevitável podia ouvir um pouco mais das palavras pronunciadas por aquele que dizia ser um Deus e assim conhecer um pouco melhor o mesmo e adquirir motivação necessária para enfrentá-lo sem nenhuma hesitação. Após o breve discurso de Kazuya seus olhos se fecham e um suspiro e dado, só uma única impressão tivera daquele inimigo ... Decepção.

-- Realmente não acredito que você inveje o meu poder, como bem disse tens poder suficiente, seria realmente desnecessário algo mais, pude muito bem presenciar seu feito, basta olhar ao redor, no entanto para mim isso não é prova alguma de poder ...

Passo a passo Kazuya buscava aproximação, talves quisesse olhar nos olhos que tanto queria destruir, com sua aproximação pode perceber mais claramente a abominação que aquele homem representava, agora se encontravam a pouquíssimos metros e continuava a ouvir as palavras do Deus Zero, e logo que possível as rebatia.

-- Já tive a oportunidade de ouvir falar dos Juunikami e recentemente me foi falado que os mesmos aparentavam ter um interesse particular em mim, se esses olhos são a ultima peça para a conclusão de uma Arma, então cabe a mim impedir que esta meta seja alcançada ... Disse muito bem, você é somente um dos Doze, mas será a minha resposta ao desejo deles, se acredita que vivemos em uma ilusão se prepare para vê-la virar realidade.

Quando Kazuya sugere que olhem a sua volta é o que Seshuu realmente faz, podia vislumbrar a vista privilegiada de uma vila totalmente destruida, talvez o Zero fizera aquilo como uma demonstração pífia de seu poder, e frente a aparente ameaça e super-confiança do mesmo responde.

-- Mais uma vez você está enganado "Deus Zero", nós estamos protegendo muito mais que simples prédios, casas e território, nos protegemos o símbolo que Konoha representa, um ideal que seu poder está muito longe para conseguir destruir, hoje você mostrou-se incapaz de tal feito. Em minha curta existência eu vivenciei muitas coisas e graças a ela aprendi que o poder real se encontra naquele capaz de construir, o seu só representa destruição, sua concepção de poder é falsa, talvez você venha a aprender isso quando terminarmos.

Aquele homem pouco a pouco deixava claro seu objetivo, mesmo ainda assim sua real intenção estava nublada, o mesmo compunha a organização terrorista "Os Juunikami", no entanto suas ações pareciam ser contra o objetivo do grupo. Frente aos questionamentos de Kazuya só tem a lamentar e responder.

-- Entendo ... Eu também não posso permitir que você cumpra os seus, não posso abrir mão da minha vida, quanto mais dos meus ideais, estes por sinal não são iguais ao seu, a paz que você busca pregando a destruição só vai gerar mais ódio e rancor, minha existência tem muito mais a oferecer que seus esforços destrutivos ... Essa é a questão, eu não possuo o seu poder, eu possuo o meu próprio e é com ele que farei a diferença e eu os usarei para destruir por completo seus ideais ... Você não é um Deus Kazuya, Deuses não morrem, e você está prestes a provar minha teoria.
◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius
Distinto
Distinto
avatar

Mensagens : 69
Data de inscrição : 01/12/2009
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Seg 25 Abr 2011, 19:12

==============================================================

Parado ainda ao lado de seu companheiro, já estava livre graças ao Jutsu de Seshuu, então começa a ouvir os latidos de Kazuya, apenas desenha um sorriso malicioso ao seu rosto e de olhos fechados de quando ouviu suas primeiras palavras. Nada disse, manteve-se em silêncio o tempo todo, falaria quando era preciso. Continuou ouvindo ele latir em relação ao seu companheiro, fora observa agora friamente ao inimigo ali presente que se aproximava aos pouco. Então ouviu mais um pouco de suas palavras dizer que os Juunikami buscam os olhos de seu companheiro para uma arma, agora ele desenha outro sorriso malicioso e resolve falar: ─ Você é uma piada, a unica criança aqui que quer brincar com o poder de Deus. Tenho pena de você. Só fala coisas sem nexos e querendo tomar os olhos do meu amigo, para uma criação de uma arma? Fala sério... Você não percebe que sua missão é impossível. O time Hikari, esta aqui, seu mal, que você depende de muita coisa para ter esse grande poder, mas não sabe usa-lo. Nossa... Destruiu a vila de Konoha, você ganha o quer com isso? Para mim... Continua sendo um nada...

O grande Ryo, retira o sorriso de seu rosto e fica olhando sério, ouve os retrucos de seu companheiro e afirmando sempre com a cabeça. E diz sobre as palavras de Seshuu: ─ Seshuu sim, tem um ideal certo. Não é você Kazuya, que vai decidir o destino dele. Pois ele ainda tem muita coisa a fazer pelo mundo, diferente de você, que só abre a boca para dizer merda... - Mantém a seriedade, rapidamente ele presciona seus punhos de raiva quando começa a falar de Rokubi e do Clã Aokawa e principalmente do idiota do seu irmão e pensa rapidamente: "Droga... Ele esta aqui? Se for verdade, vai ser divertido, vou prova-lo que sou muito mais forte do que ele, mesmo não ter chegado ao meu nível máximo do Clã. Eu me garanto, sempre me garanti e não sei se meu irmão esta envolvido com esse lixo, não é feitio dele, se ele se transformou em algum 'Deus' vou ter uma maior vontade ainda de espanca-lo." - Depois que finaliza seus pensamentos, afrouxa suas mãos e fica relaxando, tenta o máximo transmitir aos outros que não ligou das palavras fortes e marcantes de Kazuya para o Shinobi da Névoa.

Olha para o céu rapidamente com os seus belos olhos negros e abertos, respira de leve, estala seu pescoço de um lado e outro e agora libera um sorriso esnobe estampado ao rosto e diz para Kazuya: ─ Você realmente conhece bastante de mim, eu acho isso um elogio de sua parte. Você diz coisas sem nexos e sem desejo algum, como se fosse apenas uma máquina para destruição, como Seshuu mesmo disse. E sobre o meu irmão... Ele estar aqui? Porque não apareceu até agora? Ah... Deve estar escondido, tremendo de medo de mim... Ou só diz isso, para ver se veria uma reação diferente? Coitado... perda de tempo, todo o tempo eu venho dizendo com calma e frieza, pelo ao contrário de você pequeno Kazuya. Quem esta gritando aqui é você e que não acordou do mundo das fadas, em relação em ser Deus. Se você é Deus, não irá morrer. Me perdoei Seshuu, mas agora eu vou ter o prazer de derrota-lo... Mostrar a ele, que ele esta errado. Ele não vai retirar os seus poderes... E o que fez com Hana... Isso é imperdoável, você vai pagar por tudo isso, por todas as vidas inocentes retiradas aqui e em toda a sua vida e quem passou por você e não foi capaz de para-lo, isso acaba aqui e agora.

Ryo pressiona seus punhos, com um sorriso de felicidade, seus olhos estão escorrendo lágrimas, não por tristeza e sim por glória e felicidade de enfrentar alguém tão poderoso e com raiva pelo que fez a Hana e volta a dizer olhando para Seshuu: ─ Prefiro lutar a sós, pode ficar olhando se quiser... meu amigo. - Volta seus olhos para o seu alvo, começa a liberar o Chakra do seu corpo aos poucos, expelindo para fora para mostrar a monstruosidade e de olhos fechados completa: ─ Seu poder é grandioso, você deveria saber usa-lo para o bem, não que eu seja um santo... Não vou perdoar você, nem que me peça de joelhos, o que você fez a Hana e a tudo aqui, não vou deixar você para ver o futuro... NUNCA! - Só agora dar um grito de raiva, tenta ao máximo já a liberar seu poder de uma forma que faça o solo tremer com tanta força e que ele e os outros sintam esse poder, se Ryo for morto, ele será reconhecido e sim, ele agora luta por algo, antes realmente não tinha, mas ele reconheceu isso dês da Vila do Vulcão.

─ Eu sim tenho o porque de lutar Kazuya, atualmente estou lutando por Seshuu, Hana e todos os outros que eu conheci na última batalha, entendi o significado da amizade e de compaixão, coisa que você não entendeu até hoje, prepare-se. Não vou brincar com você... Vou partir com tudo para cima de você. - Olha para Seshuu e diz: ─ Salve Hana, eu vou enfrenta-lo, se vocês me ajudarem... Vocês decidam, mas seria algo injusto, você me conhece meu amigo, adoro desafios... E odeio lutar na vantagem, prefiro sempre a desvantagem... - Antes mesmo da resposta de seu companheiro, Ryo arqueia suas pernas e começa a gritar em formação de liberar suas caldas, sem excitação, misturando todo o seu Chakra com o de Rokubi: ─ Vamos ver agora Kazuya do que você é capaz! Não me ignore, vai ser apenas pior para você! - Seu corpo e aspecto do corpo começa a mudar, seus cabelos cresciam e seus olhos emitia a força de Rokubi junto a Ryo. Agora com um sorriso imenso no rosto agora sua meta era apenas eliminar Kazuya mesmo sabendo que seu adversário possa ser muito mais poderoso e sem equitação preparando-se para ter as caudas liberadas para poder começar o combate que tanto aguardo e quem sabe o time Hikari lutará mais uma vez juntos e com suas forças ao máximo!


==============================================================


Última edição por Aokawa Ryo em Qua 27 Abr 2011, 00:16, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Blackheart
Veterano
Veterano
avatar

Mensagens : 211
Data de inscrição : 09/01/2010
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   Ter 26 Abr 2011, 23:52

— Você fala demais. — Kazuya apenas ignorou Ryo, parando de prestar atenção no início de suas palavras e voltou sua direção a Seshuu. — Você, pelo contrário do garoto Aokawa, tem um sentido para continuar lutando. Por consideração, mostrarei a diferença entre meus poderes e o seu... — Novamente Kazuya exclui completamente Aokawa Ryo, dirigindo-se diretamente a Seshuu.

(...)

Longe, Hozuki apenas observava da pequena ilha de dentro da barreira. — Finalmente começou, como está o processo, Shisui? — No canto, Shisui formava selos com suas mãos colocando-as levemente muitas vezes sobre a água. — Está sendo difícil fazer este jutsu sem nenhum deles perceber... a quantidade de chakra é alta demais, me força a uma concentração absurda... — Hozuki começou a caminhar, parando próximo a ele. — Estamos contando com você, para isso você esteve do nosso lado... nos confiamos em você, Shisui. — No canto da boca, Shisui esbolçou um sorriso e a névoa nublou os dois, desaparecendo completamente no centro daquele turbilhão de eventos catastróficos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Episódio 52: O Julgamento da Folha   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Episódio 52: O Julgamento da Folha
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Dungeons em Dragons(Caverna do Dragão) Ultimo Episódio
» [EVENTO] MONTE SUA QUEST BASEADA NOS EPISÓDIOS DA SÉRIE POKEMON!
» Episódios Shippuuden [Spoiler-Alert]
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» Star Wars Episódio VII: O Legado dos Sith (Crônica Livre)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto: Shinobi no Sho - Sistema D8 de RPG :: Tópicos Arquivados :: Arquivos do Fórum :: Naruto SnS Online :: Toua: O Oriente :: Toua: Hajime :: História :: Episódios :: 3ª Temporada :: Incompletos-
Ir para: